IF CLOTHES HAD A VOICE – HOW TO FIGHT CLIMATE CHANGE THROUGH UPCYCLING

2021-2-PT02-KA152-YOU-000037881

IF CLOTHES HAD A VOICE – How to fight the climate change through upcycling é um projeto financiado pela Agência Nacional Portuguesa de Erasmus+, no âmbito da KA1 (Mobilidade de Jovens para fins de aprendizagem).

PORQUÊ ESTE PROJETO?

Segundo o Eurostat, em “2018 foram gerados 812 milhões de toneladas de resíduos na UE (…), o que corresponde a 1.818 kg de resíduos por habitante (…). Quando não gerenciados de forma sustentável, todos esses resíduos podem ter um grande impacto no meio ambiente (…).”

Levando em consideração a diversidade de abordagens possíveis dentro desse tema, optámos  por nos focar no consumo de roupa, pois, segundo relatório de 2017 da Ellen MacArthur Foundation, globalmente, a indústria da moda é responsável por 10% de todo o CO2 emissões, o que representa mais emissões do que todos os voos internacionais e viagens marítimas juntos. Se nada mudar na indústria da moda, essa parcela de emissões pode chegar a 26% até 2050.

As novas gerações são as que mais sofrerão com os impactos negativos causados ​​pelo ser humano na natureza, como a poluição e destruição de habitats, a acumulação de resíduos sólidos e o rápido declínio da biodiversidade, que por sua vez provocam mudanças climáticas e colocam o planeta e até mesmo a espécie humana em risco. Um dos agravantes é a existência do fast fashion, que é influenciado pela falta de educação sobre a finitude dos recursos naturais do planeta, e que resulta em grande liberação de CO2 pela indústria têxtil.

Como os jovens são os mais afetados pelas mudanças climáticas, idealizámos um projeto que ajuda a reeducar hábitos e promover o empoderamento dos jovens, tornando-os mais conscientes dos problemas que enfrentamos com as mudanças climáticas e como cada um pode contribuir para atender as Objetivos da União Europeia no combate às alterações climáticas.

Os participantes trouxeram uma peça de roupa que não usam mais e transformaram-na numa tote bag.

OBJETIVOS

Geral:

  • Capacitar os jovens para serem participativos na sociedade europeia e nas suas comunidades locais sobre as alterações climáticas, promovendo uma maior sensibilização para o consumo sustentável, a economia circular, o upcycling e a redução da produção de resíduos.

Específicos:

  • Criar dinâmicas de empoderamento dos jovens e incentivar a participação ativa através da ENF;
  • Promover a interculturalidade e o diálogo;
  • Conscientizar as comunidades sobre a importância do combate às mudanças climáticas;
  • Promover a igualdade de acesso a oportunidades inclusivas e participativas;
  • Promover o desenvolvimento e partilha de competências e ferramentas entre as organizações participantes;
  • Divulgar os resultados e impactos sociais obtidos pelo projeto com o objetivo de replicar suas boas práticas em outros contextos sociais;
  • Fortalecer as parcerias transnacionais entre organizações que atuam no campo da juventude, inclusão social e cultura;
  • Continuar o trabalho que o DCTR tem vindo a desenvolver a nível europeu e pelo qual é entusiasta.

RESULTADOS

71% dos participantes afirmam que reconhecem totalmente a importância dos projetos E+ e a importância da UE na promoção da inclusão social;

80% dos participantes pretendem voltar a participar noutro projeto Erasmus+;

54% dos participantes reconhecem totalmente o papel que podem ter na sociedade e como podem contribuir para o combate às alterações climáticas.

Que mudanças notaste na tua sua vida após este projeto?

“Substituí as lojas de roupas tradicionais por outras de segunda mão”

“Diminuí o consumo de carne e principalmente de peixe. Reduzi meu consumo de fast fashion e penso duas vezes quando penso em comprar roupa.”

PARTNERS

VIAJE A LA SOSTENIBILIDAD (Spain)

Jarrón Club – Associación Juvenil (Spain)

Proutist Universal (Malta)

Share Youth Association (Turkey)

Rakonto (France)

Fundacja Centrum Aktywnosci Tworcze (Poland)

E com a ajuda da Reinventar – Associação Recreativa e Inovação da Arte popular, que nos ajudou a fornecer os materiais e máquinas para as oficinas de costura, tendo sido a responsável pelos próprios workshops de costura.

 

com o apoio de